Infância sem voz

d7ce0c29eb22b2846d94ba756e635bfc

“Venha aqui, senta no meu colo”

Eu torcia o nariz e ficava inquieta, mas o medo forçava-me a sentar. Naquela época a inocência demorava-se mais tempo na infância.

Tinha 9 anos de idade. Não compreendia bem a situação, mas sabia que era errado.

O Diretor da escola, um homem grande para todos os lados gostava de observar as garotinhas no recreio. E na primeira oportunidade puxava uma de nós para seu colo.

Sem preocupar-se com os funcionários, que certamente fingiam-se cegos. Ele sabia ser repugnante!

De pernas abertas, sentava uma garotinha em cada coxa. Geralmente nos bolinava no intervalo.

Meu suor febril começava cada vez que me chamava para estar em seu colo.

Com aquela mão grossa e áspera, hoje imagino o quanto suja também. Disfarçadamente, mas não o suficiente para que ninguém percebesse, a colocava por dentro de nosso uniforme.

Primeiro acariciava meus peitinhos, eu nem consigo explicar o desconforto e repúdio que sentia.

Em seguida, aqueles dedos imundos descia até a calcinha. Acariciava os poucos pelos pubianos até chegar ao clitóris.

Arrepios descontrolados me davam ânsia. Porque? Pensava eu em minha simplicidade e ignorância de uma criança há mais de 30 anos atrás.

No final do dia, dos alunos restava eu e minha melhor amiga. Então ficávamos correndo pelo pátio e evitando a aproximação do diretor até meu pai chegar. E ele vinha do outro lado da cidade.

Se essa ocorrência fosse hoje, com toda certeza repercutiria na mídia e com consequências negativas para a atitude desse diretor sem o menor escrúpulo.

” Diretor de uma Pré-escola, situada num bairro nobre de Curitiba. Durante os intervalos dos alunos, com fingida simpatia sentava as alunas em seu colo e as tocava intimamente.”

Hoje penso, teria ele ido mais longe com alguma garotinha?

Um trauma. Uma agressão na alma, que pode ter deixado cicatrizes.

Ato ilícito que ficou impune. Sempre existiu o abuso sexual, mas hoje nossas crianças possuem muito mais VOZ!

19/04/2010

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s