Eu “Bem te vi”

O som que me agradava os ouvidos, era de um filhote de Bem-te-vi. Na procura pela sua mãezinha meu cão caçador o abocanhou. Só soltou com meu grito e o último suspiro foi nas minhas mãos. Essa espécie, também conhecida pelos índios como triste-vida. Pensei, como a minha. Não me queixava, mas a monotonia dos dias me […]

Leia mais Eu “Bem te vi”
Destaque

Vestida de Blues

Foto de Maurício Mascaro no Pexels “Tantos homens me desejam e nenhum me seduz. Sedução não é apaixonar-se. Mas esse dia sai vestida de sedução e pronta para matar, em caso de necessidade.” Tamborilava os dedos sobre a mesa de bar. Impaciente. O copo nunca vazio, levou aos lábios tantas vezes eu observei seu rosto. […]

Leia mais Vestida de Blues

Entre amores

Dias de dissabores, eu me protegia entre os lençóis tão sozinha dos meus amores. Nem ele, nem outros, nem tantos poderiam saber o que eu trazia no peito e gritava entre aquelas paredes. Eu tinha tantos e ao mesmo tempo, nenhum. Por que na hora mais escura, no dia mais calmo, nenhum calor humano me […]

Leia mais Entre amores
Destaque

A janela da mansão

Vanessa não tinha desapegos. Aos 18 anos já controlava sua fortuna e seus desejos. As janelas proeminentes do seu quarto facilitavam ao João, o caseiro, presenciar suas obscenidades. Não fosse um homem cheio de histórias para contar, ficaria mais chocado que excitado com Vanessa. Deliciava-se quando ela convidava a amiga morena de seios fartos para […]

Leia mais A janela da mansão

Das minhas mentiras tudo é verdade.

” OU SERIA, DAS MINHAS VERDADES TUDO É MENTIRA…” Cantarolei a canção que contava nossa história. Cravei seu nome no meu tornozelo. Mas nada sangrou mais que a dignidade. Naquele círculo vicioso onde vidas entrelaçavam-se, descobri que eu tinha ligação com toda a “gente”. Diretamente ou não, meu nome fazia parte do enredo. Sem poder […]

Leia mais Das minhas mentiras tudo é verdade.

Uma última vez

Vem…te faço uma massagem. Deita no meu ventre, quero sentir sua tensão. Afundou-se entre minhas pernas ajeitando-se carinhosamente. Eu nua, naquele momento sua Deixei os seios caírem sobre seu rosto Enquanto minhas mãos deslizavam seu tórax. Indo e vindo, movimentos sensuais Acabei esticada sobre seu corpo. Meu erro, foi deixar você pensar que era para […]

Leia mais Uma última vez

Entrelinhas de luxúria

Ariel, até no nome gostava de confundir. De origem Hebraica, originalmente masculino. Depois que a Disney criou a pequena sereia Ariel, a regra mudou. Os cabelos longos e levemente ondulados, as curvas acentuadas e os lábios suculentos condiziam a uma personagem daquelas que acreditamos não existir. Mas Ariel só não existia, como aterrorizava a mente […]

Leia mais Entrelinhas de luxúria

Na sua cama nunca mais

É uma estória, sem controvérsias. Mas há muito mais do que controvérsias. É uma história. Maria sentou-se no fundo do ônibus. De nome forte, carregava a mesma simplicidade de alma e força na vontade que tinha de viver. Não há loucura no prazer, dizia. A loucura é não sentir prazeres. Não se importava com os […]

Leia mais Na sua cama nunca mais

Proibido para menores

DESENHO ERÓTICO DO HÚNGARO ZICHY MIHÁLY Me perdi entre suas pernas. Roçando, amando, explorando com a saliva. Suas mãos imensas castigavam meu pudor, Com dor. Rasgando minhas entranhas na sua sede de possuir-me. Consumiu-me mais que eu queria e menos que você podia. Escondi seu membro comprimindo entre minhas paredes. Sem saber como terminaria a […]

Leia mais Proibido para menores

Menina má

Maria não nasceu propriamente num berço de ouro, mas cresceu com exuberância nos quadris. Quando ainda dormia de calcinha arrumou um namoradinho robusto, não se perdia nos músculos porque sua genética era grande. Desagradou a família. Mas era o amor da sua vida. O tempo foi passando e a vaidade e necessidade de conforto aumentando. A […]

Leia mais Menina má