Infância sem voz

“Venha aqui, senta no meu colo” Eu torcia o nariz e ficava inquieta, mas o medo forçava-me a sentar. Naquela época a inocência demorava-se mais tempo na infância. Tinha 9 anos de idade. Não compreendia bem a situação, mas sabia que era errado. O Diretor da escola, um homem grande para todos os lados gostava […]

Leia mais Infância sem voz